Notícia triste para os cinéfilos de plantão: morreu hoje, aos 69 anos, a atriz Patty Duke, que venceu o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 1963 com o papel da escritora e feminista Helen Keller em “O Milagre de Anne Sullivan”.

fea_01patty1_t1140

Sua performance como a jovem cega e surda, que acaba auxiliada por uma professora que também sofria com deficiências visuais, impressionou a Academia e lhe rendeu a estatueta quando ela tinha apenas dezesseis anos – considerada como a atriz mais jovem a vencer na categoria em toda a história do cinema.

A carreira de Patty teve muitos papeis significativos na televisão. Diagnosticada com transtorno bipolar em 1982, ela dedicou uma boa parte de seu tempo com trabalhos de conscientização do público acerca de transtornos mentais.

helen-and-annie

A família da atriz publicou um comunicado lamentando sua perda:

Essa manhã, nossa amada esposa, mãe, matriarca e requintada artista, humanitária e vencedora de uma doença mental, Anna Patty Duke, fechou seus olhos, aquietando sua dor e ascendendo para um lugar lindo. Nós celebramos o amor infinito e a compaixão que ela compartilhou através do seu trabalho e no decorrer de sua vida“.

Veja, abaixo, o trailer de ‘O Milagre de Anne Sullivan’, a grande obra-prima do cinema da qual a atriz fez parte, trazendo ao mundo uma bela lição de vida:

Como diria a própria Helen Keller, que ela interpretou com tanta maestria: “Não se pode concordar em rastejar quando se tem o ímpeto de voar“.