Focada no universo jovem e urbano, a nova série nacional original da HBO, Todxs Nós, estreia no canal de TV nesse domingo (22/03) às 23:06.

Com temática LGBTQI+, Todxs Nós acompanha a história de um grupo de amigos moradores de São Paulo e tem como protagonista Rafa, uma pessoa pansexual e não-binária, ou seja, uma pessoa que não se identifica com os gêneros feminino nem masculino. Rafa sai do interior e vai para São Paulo, buscar abrigo na casa de seu primo Vini, um homem gay, na esperança de ser melhor compreendide num ambiente mais “moderno”, mas logo percebe que mesmo que Vini esteja inserido no meio LGTQI+, a questão da não-binariedade ainda não é respeitada e compreendida por ele e pela maioria das pessoas.

A primeira temporada é composta de 8 episódios de 30 minutos cada e o grande enfoque está no aprendizado em relação às pessoas não-binárias. Intitulada de “Todxs Nós”, com o “x”, que representa a universalidade, sem distinção de gênero, toda a linguagem utilizada na série em relação à personagem Rafa é neutra. Nós já assistimos ao primeiro episódio e logo no começo, quando Rafa encontra seu primo e é chamade de “prima”, Rafa o corrige e explica que não é “prima” ou “primo” e sim “prime”, com a letra “e” no final. Tanto durante o primeiro episódio quanto na coletiva de imprensa, ficou evidente a preocupação da produção em respeitar os pronomes e a identidade de gênero de Rafa e de todos os demais personagens.

Coletiva de imprensa com elenco e produção da série

Com comédia e um pitada de drama, o episódio piloto agrada, introduzindo assuntos e ideias que estão em ascensão na sociedade, mas que ainda causam estranheza até mesmo entre os jovens. Além de Rafa (Clara Gallo), pansexual e não-binárie e Vini (Kelner Macêdo), um homem gay num relacionamento aberto, o trio protagonista conta também com Maia (Juliana Gerais), uma mulher negra e feminista militante que trabalha com TI e divide o apartamento com Vini. Com personagens e elenco cheio de diversidade (30% do elenco é composto de pessoas trans, número muito superior à média de outras produções), Todxs Nós é um ótimo palco para representatividade.

O roteiro de Vera Egito e Daniel Ribeiro é bem feito e os diálogos conseguem ser didáticos e informativos sem perder a naturalidade e apesar de se tratar de um universo específico, existem diversas temáticas, tanto românticas quanto profissionais e financeiras, que podem se relacionar a todos os jovens, ou melhor, todxs.