A próxima animação da Disney Pixar a ser exibida nos cinemas “Viva – A Vida É Uma Festa” (ou se preferir o original, “Coco”), pode não ser exibida em todos as redes de cinema do Brasil.

O filme conta a história de Miguel (também apelidado de Coco), que sonha em ser um músico tão bom quanto seu ídolo, Ernesto de la Cruz. Sua família, porém, baniu a música muitos anos atrás, e desesperado para provar seu talento, Miguel acaba indo para o colorido Mundo dos Mortos atrás de Ernesto. Com a ajuda de um esqueleto chamado Hector, Coco deve então encontrar seu ídolo já falecido, conquistar a aprovação da sua família e voltar ao mundo dos vivos antes que seja tarde demais.

A boicote da exibição do longa-metragem, se dá pois a Disney está pedido aumento do faturamento do filme, de 50% para 52%. Se realizado de fato, apenas grandes redes como Cinemark e Cinépolis irão exibir a animação, assim tendo uma exclusão de 67% das salas de cinema.

Em entrevista à Folha de São Paulo, um representante do Sindicato das Empresas Exibidoras Cinematográficas do Estado de São Paulo, Paulo Lui, falou sobre o aumento do faturamento, “Aqui no Brasil somos mais frágeis nas negociações. Para um exibidor menor, essa diminuição na porcentagem que vai para o seu bolso pode representar a sua sobrevivência.”.

“Viva – A Vida É Uma Festa” estreia dia 4 de janeiro.