Logo que foi anunciado o filme que contaria uma história dentro do cenário da aclamada série “Downton Abbey”, os fãs ficaram curiosos para qual rumo essa produção poderia seguir. A série, que estreou em 2010, ganhou diversos prêmios, sendo uma queridinha do público e da crítica especializada. Então, por que não levar toda graciosidade de Downton Abbey para as telonas do cinema?

A Família Crawley e seus empregados, mais uma vez estão a frente da história, e neste recorte a trama gira entorno da visita Família Real Inglesa, que passará uma noite em Downton. Para que esta estadia alcance a perfeição, começa então todos os preparativos para receber a família mais importante da Inglaterra. Como é de se esperar, nada será fácil e os empregados da família Crawley roubam a cena como de costume.

Engana-se quem acha que para assistir o filme precisa ter terminado (ou se quer começado) a série. Claro que para quem conhece aquele cenário é muito mais fácil o reconhecimento dos personagens, tendo em vista que em nenhum momento do longa eles são apresentados. Conhecer sobre o ambiente, as rixas, os amores, as competições deixam o filme um pouco mais divertido, porém por se tratar de uma história dentro de uma outra já existente, com certeza, se você não assistiu a série, vai sair da sala querendo começar.

A irreverência da série foi passada para o cinema, em um filme longo que, assim como nos episódios especiais, o tempo passa sem que seja percebido. A fotografia e a cenografia imergem o espectador na época passada, de um modo novo na tela grande. Não existe dúvida que o figurino também é um ponto encantador da produção, e assim como levou mais de uma vez, diversas premiações na categoria, o Oscar 2020 já pode ter seu favorito.

O filme entrega o que era esperado, a beleza da realeza que a gente mais gosta agora nas telonas do cinema, o roteiro fechado com uma história que apresenta começo, meio e fim. Aquele gostinho de quero mais fica por conta do desfecho esperançoso que o filme entrega: saber que Downton Abbey sempre estará ali, conforta nossos corações.