O ator Kevin Spacey é demitido da Netflix após diversas acusações de assédio. Atualmente o ator estava atuando na série “House of Cards” onde protagonizava Frank Underwood. A empresa também afirma que a cinebiografia “Gore”, que seria produzida e protagonizado por Spacey, foi cancelada.

“Netflix não se envolverá mais em nenhuma produção de House of Cards que inclua Kevin Spacey. Vamos continuar trabalhando com a MRC durante o hiato para avaliar nossos próximos passos com relação à série. Também decidimos que não seguiremos com o lançamento de Gore, que estava em pós-produção e era estrelado e produzido por Kevin Spacey”, declarou a Netflix.

O serviço de streaming havia confirmado que a sexta temporada da série “House of Cards” seria a última, porém suas gravações ainda não haviam iniciado.

A primeira denúncia de assédio foi feita pelo ator Anthony Rapp (“Star Trek: Discovery”), em entrevista ao BuzzFeed, “Rapp alega publicamente pela primeira vez que, em 1986, Spacey fez amizade de Rapp enquanto ambos se apresentavam nos shows da Broadway, convidou Rapp para o apartamento dele para uma festa e, no final da noite, pegou Rapp no colo, colocou-o em sua cama e subiu em cima dele, fazendo um avanço sexual. De acordo com registros públicos, Spacey tinha 26. Rapp era 14.”.

Em resposta, Kevin Spacey disse não se lembrar do ocorrido e pediu desculpas.

“Eu tenho um grande respeito e admiração por Anthony Rapp como ator. Estou horrorizado ao ouvir sua história. Eu honestamente não me lembro do ocorrido, deve-se fazer mais de 30 anos. Mas se eu agi como ele descreveu, eu devo a ele as mais sinceras desculpas do que deve ser um profundo inapropriado comportamento de bêbado, e eu sinto muito por esses sentimentos que ele descreveu que carrega com ela todos esses anos.

Essa história me encorajou a falar sobre outras coisas da minha vida. Eu sei que há histórias por aí sobre mim e algumas que foram alimentadas pelo fato de eu ser protetor quanto a minha vida privada. Como os mais próximos de mim sabem, na minha vida tive relacionamentos com homens e mulheres. Eu amei e tive encontros românticos com homens e mulheres ao longo da minha vida e decidi agora viver como um homem gay. Eu quero lidar com isso honestamente e abertamente e começar a examinar meu próprio comportamento.”.

Após isso, oito funcionários da produção da série alegaram que também sofreram assédios pelo ator.