Nesta segunda (10), o Super Cinema UP foi um dos veículos que participou da coletiva de imprensa da Netflix, que trouxe o elenco das produções The Umbrella Academy, Stranger Things, Bird Box e Mogli: Entre Dois Mundos para jornalistas de toda América Latina. A série de coletivas marca o fim da participação da empresa na quinta edição da CCXP.

Os jornalistas começaram conhecendo o elenco da nova série, The Umbrella Academy. A coletiva contou com a presença dos atores David Castañeda, Tom Hopper, Emmy Raver-Lampman e Ellen Page. Além dos criadores da graphic novel, Gerard Way e o brasileiro Gabriel Bá.

Eles falaram sobre a experiência única em adaptar os quadrinhos para as telas, além da disfuncionalidade da família dos personagens. Tanto que Hopper explicou sobre a série não ser de super-heróis, mas sim sobre ser humano e todas as dificuldades que dão forças para continuar.

Bá confirmou isso ao dizer que os personagens são muito humanos, e por isso, eles erram, o que não torna o mundo da série preto e branco, mas sim com tons de cinza. Ellen, que apareceu de surpresa no painel que aconteceu no último sábado (08), no evento, explicou que sua personagem, apesar de não possuir poderes como os outros, também se encaixa nas dificuldades, já que sofre dificuldades de relação, principalmente por ter sido hostilizada pelo pai.

Durante a coletiva, Gerard fez referência à sua própria experiências com quadrinhos e o elenco comentou sobre os principais conflitos de seus personagens.

A série também conta com Aidan Gallagher, Cameron Britton e Mary J. Blige no elenco e Steve Blackman (Fargo) como produtor executivo e showrunner. The Umbrella Academy estreia na Netflix no dia 15 de fevereiro de 2019.

Em seguida, subiram ao palco Caleb McLaughlin, Sadie Sink e Noah Schnapp para falarem da terceira temporada de Stranger Things. Os três dividiram sobre como a amizade de todos foi crescendo conforme as temporadas e também as impressões sobre como é crescer durante as gravações.

McLaughlin chegou a comentar sobre aprender com o personagem ter sido a sua maior dificuldade, até pelo fato de cada temporada ser algo diferente. E por mais que a série seja uma criação de Ross e Matt Duffer, os três contaram que os irmãos são muito abertos para sugestões de mudanças na história.

Por fim, Sadie destacou as fortes personagens femininas do filme e sua alegria em fazer parte delas e também por estar dentro da diversidade da série. E como não poderia faltar, os três aproveitaram para expressar gratidão aos fãs brasileiros e a experiência na CCXP.

Logo depois, Sandra Bullock, Trevante Rhodes e o produtor Dylan Clark apareceram para falarem do filme Bird Box, baseado no livro de Josh Malerman. Eles falaram sobre suas experiências da produção, incluindo as preparações físicas e mentais para o filme, principalmente pelas cenas em que ficam vendados.

Tanto que, para Trevante, sua cena favorita de gravar foi a do carro, presente no trailer. Naquele momento, ele explica que foi muito bom, pois exigiu muito da imaginação. Já para Sandra, não há uma cena exclusivamente favorita. Porém, a vencedora do Oscar tem as cenas de humor como suas preferidas, pelo fato de serem elas que mostram a humanidade dos personagens em meio ao caos.

Dylan destacou também a dificuldade em trabalhar com as crianças, principalmente pelas cenas vendadas. Mas as elogiou pelo profissionalismo, tanto que explicou que as duas embarcaram em todas as situações junto com Sandra, entrando na água e se aventurando na lama.

Sandra também não esqueceu de falar sobre se conectar com sua própria experiência como mãe para construir sua personagem. Sobre isso, ela elogiou bastante o trabalho de Susanne Bier na direção e que, mesmo não vendo diferença entre o trabalho de diretores masculinos e femininos, para esse filme, Sandra percebeu que era preciso uma mulher na direção.

O filme foi exibido para o público da CCXP, no último (09), e o Super Cinema UP estave lá para conferir. Porém, o grande público poderá assistir ao longa a partir do dia 21, na Netflix.

Por fim, o aclamado ator e agora diretor Andy Serkis se juntou aos jornalistas para falar de Mogli: Entre Dois Mundos. O foco do diretor foi comentar sobre seu novo momento da carreira e como a tecnologia de captação de movimento mudou seu ofício. Nesse meio, ele contou sobre a experiência de, agora, dirigir com a tecnologia para trabalhar os animais do filme e como ele ganhou uma forte experiência com Peter Jackson.

Caso queira conferir o novo trabalho de Serkis, Mogli: Entre Dois Mundos já está disponível na Netflix e com um elenco de dublagem poderoso. Benedict Cumberbatch, Christian Bale, Tom Hollander e Cate Blanchett são alguns dos nomes presentes.

Todos os convidados marcaram presença na CCXP, evento que o Super Cinema Up contou com o apoio da Trigg!

Acesse o aplicativo para pedir o seu cartão e use o código “TRIGGSUPERCINEMAUP” para ter o processo facilitado!

Baixe para Android ou IOS.

Sobre a Trigg: Trigg é uma das fintechs mais admiradas do mercado brasileiro. Atua no modelo de plataforma, combinando inteligência em tecnologia, finanças e marketing. Oferece soluções de crédito para consumidores e em private label para o varejo, estimulando novas experiências de consumo e o empreendedorismo. Trigg contribui para inspirar as ideias de seus parceiros e alavancar seus negócios e sonhos.

Saiba mais:

https://www.trigg.com.br/
https://www.facebook.com/triggbrasil/