A partir do dia 16 de novembro até 22 do mesmo mês, acontece no Rio de Janeiro a 9ª edição do festival de cinema Semana (antiga Semana dos Realizadores) no cinema Itaú Botafogo.

Com 56 obras, o evento as dividiu em: mostra competitiva, sessões especiais e duas curadorias: “Anacronias”
por Victor Guimarães e “Não Acredito em Nenhum Deus que Não Saiba Dançar”, de Patricia Mourão.

Confira abaixo a lista completa das obras selecionadas.

Mostra Competitiva

“Antônio, Um, Dois, Três” de Leonardo Mouramateus

“Ava Yvy Vera – A Terra do Povo do Raio” de Genito Gomes, Valmir Gonçalves Cabreira, Jhonn Nara Gomes, Jhonatan Gomes, Edina Ximenez, Dulcídio Gomes, Sarah Brites e Joilson Brites

“Baronesa” de Juliana Antunes

“Café com Canela” de Ary Rosa e Glenda Nicácio

“Era Uma Vez, Brasília” de Adirley Queirós

“Histórias Que Nosso Cinema (Não) Contava” de Fernanda Pessoa

“Música Para Quando as Luzes se Apagam” de Ismael Caneppele

“Não Há Foz, Não Há Nascente” de Valentina Homem

“Operações de Garantia da Lei e da Ordem” de Julia Murat

“Pazucus: a Ilha do Desarrego” de Gurcius Gewdner

“O Peixe” de Jonathas de Andrade

“Poesia na Guerra” de Fernando Salinas

“Real Conquista” de Fabiana Assis

“Resiliência” de Marcellvs

“Travessia” de Safira Moreira

“Vai e Vem” de Louise Botkay

 

Sessões Especiais

“66 Kinos” de Philipp Hartmann

“Ano Passado eu Morri” de Rodrigo de Oliveira

“Arábia” de Affonso Uchôa e João Dumans

“Ausência de Memória” de Rita Piffer

“The Beast” de Michael Wahrmann e Samantha Nell

“Boa Noite de Charles” dos Irmãos Carvalho

“Chico” dos Irmãos Carvalho

“Escolas em Luta” de Eduardo Consonni, Rodrigo T. Marques e Tiago Tambelli

“Eu sou o Rio” de Anne e Gabraz

“Festejo Muito Pessoal” de Carlos Adriano

“O Golpe em 50 Cortes ou o Corte em 50 Golpes” de Lucas Campolina

“Inocentes” de Douglas Soares

“Jacarepaguá” de Maria Ganem

“Landscape” de Luiz Rosemberg Filho

“Latifúndio” de Érica Sarmet

“Ligia” de Nuno Ramos

“Mamata” de Marcus Curvelo

“Mehr Licht” de Mariana Kaufman

“A Moça do Calendário” de Helena Ignez

“O Olho do Cão” de Samuel Lobo

“A Passagem do Cometa” de Juliana Rojas

“Vando, Vulgo, Vedita” de Andréia Pires e Leonardo Mouramateus

Curadorias:

Anacronias 

“Paris Est une Fête” (2017), de Sylvain George

“Broken Tongue” (2013), de Monica Savirón

“Answer Print” (2013), de Monica Savirón

“Second Sighted” de Deborah Stratman

“The Illinois Parables” de Deborah Stratman

“Tan Atentos” (2011), de Eduardo Williams

“Pude ver un Puma” (2011), de Eduardo Williams

“El Ruido de las Estrellas me Aturde” (2012), de Eduardo Williams

“Que je Tombe tout les Temps?” (2012), de Eduardo Williams

“J’ai Oublié!” (2013), de Eduardo Williams

“Sleep has her House” (2016), de Scoot Barley

 

Não Acredito em Nenhum Deus que Não Saiba Dançar

“Cais do Corpo” (2015), de Virginia de Medeiros

“Rio de Janeiro” (2016), de Luiz Roque

“Superquadra-Sací”, de Cristiano Lenhardt

“Teta Lírica” (2016), de Marie Canrangi

“Faz Que Vai” (2016), de Bárbara Wagner e Benjamin Burca

“Funk Staden” (2007), de Dias & Riedweg

“Archichroma (New Romanticism to Somber Times)” (2017), de Pedro França

 

Os ingressos custam R$ 6 a meia e R$ 12 a inteira. O cinema Itaú Botafogo fica localizado na Praia de Botafogo, 316.