O diretor britânico Ridley Scott, conhecido por grandes sucessos como “Gladiador” (2000) e “Blade Runner, o Caçador de Andróides” (1982), afirmou em entrevista para o site Digital Spy que está preocupado com a atual situação do cinema. E mais: criticou a produção de filmes de super-heróis.

“Filmes de super-herói não são muito para mim, por isso que nunca realmente fiz um”, ao que o diretor completou: “‘Blade Runner’ é um quadrinho, se você parar para pensar, uma história sombria contada num mundo irreal. Você quase poderia colocar o Batman e o Super-homem nesse universo, exceto pelo fato de que eu tenho uma boa história em oposição à história nenhuma”.

Para Scott, o futuro da indústria é um pouco assustador, mas a culpa não está somente nas costas da Marvel e da DC: “o cinema está, basicamente, bem ruim”.

“Quero continuar fazendo cinema e espero que isso não afete aqueles que querem continuar produzindo filmes inteligentes”, disse o diretor.

Ridley Scott deve lançar nesse ano “Alien: Covenant“, o sexto filme da franquia, e ainda uma sequência para “Prometheus”.