SINOPSE

Após tanto mistério em torno da série, a qual muitos defendem que não merecia uma continuação após o primeiro filme, chega aos cinemas o capítulo 3 da série “Sobrenatural”, desta vez, fazendo referência a um caso de assombrações envolvendo uma família que é ajudada pela personagem Elise, interpretada por Lin Shaye. O caso é anterior à assombração da família Lambert e diz respeito a uma entidade que aterroriza uma jovem, a qual tenta fazer contato com o espírito de sua mãe através de estudos sobre mediunidade.

Sobrenatural 1

O que ficou muito bom no primeiro e deixou um pouco a desejar no segundo, acabou se tornando desnecessário no terceiro filme. Os criadores queriam, de todas as formas, mostrar a origem da história de Elise e o momento em que a médium e a famosa dupla de caçadores de fantasmas da série, sendo um deles interpretado pelo diretor do filme, Leigh Whannell.
A atriz Lin Shaye tem todo um carisma e foi bem aceita pelo público desde o primeiro filme mas a vida pessoal da personagem acaba por deixar a trama um tanto chata e que foge do principal objetivo do filme. Dermot Mulroney que podia ter se destacado mais como o pai da personagem principal Quinn acabou ficando um tanto apagado, sem nada de especial, deixando a entender que a produção queria apenas um ator não tão famoso mas experiente para aquele papel.

sobrenatural 2

Se apegando na história da personagem Elise, a produção comete um erro terrível ao não mostrar a origem ou história da entidade aterrorizante do filme. Outro erro foi insistir em manter a entidade dos dois primeiros filmes que passa a perseguir Elise no terceiro. O tal fantasma de fato se apresenta bem assustador no primeiro e segundo filme da série mas, no terceiro o personagem se torna repetitivo e não mais tão assustador como de costume. Outra falha é a cena final em que se vê a figura demônica do primeiro filme, identificada como “Lipstick-Face Demon”, este sendo muito diferente do que é mostrado no filme inicial. Curiosamente, o mesmo monstro é encarnado novamente por Joseph Bishara, músico que compõe a trilha sonora deste filme e dos demais dirigidos e/ou por James Wan, Invocação do Mal e Annabelle. Bishara está famoso por fazer as figuras aterrorizantes destes citados filmes.

sobrenatural 4

Em se tratando de James Wan, o mesmo começou muito bem dirigindo os dois primeiros filmes, bem como outros do mesmo gênero. Mesmo tendo apenas produzido o terceiro da série Sobrenatural, esperava-se mais da sua ousadia e talento como cineasta. Espera-se que Wan recupere a credibilidade dada pelo público em seus futuros trabalhos do gênero terror.

Trailer do Filme: