No dia 1 de dezembro, o Caixa Belas Artes em parceria com a distribuidora Fox Brasil, terá a famosa maratona mensal que exibe três filme na madrugada de sexta-feira.

O último Noitão do ano irá homenagear a escritora Agatha Christie, conhecida por “Dama do mistério”. O evento trará “Assassinato no Expresso Oriente”, que estreia essa quinta-feira, “Testemunha de Acusação” e “Morte sobre o Nilo”.

De acordo com a descrição do evento “Completaram-se este ano 41 anos da morte de Agatha Christie – e ela permanece a autora mais publicada de todos os tempos – atrás somente da Bíblia e de William Shakespeare. Segundo o Guiness Book, é a romancista mais bem sucedida da história da literatura mundial em número total de livros vendidos, uma vez que suas obras, juntas, venderam cerca de quatro bilhões de cópias ao longo dos séculos XX e XXI.”.

Confira abaixo a programação.

Sala 1 – Villa Lobos: das 23:30 às 6h

“Assassinato no Expresso Oriente” de Kenneth Branagh

“Testemunha de Acusação” (1957), de Billy Wilder

Filme surpresa

Sala 2 – Candido Portinari: das 23:30 às 6:30

“Assassinato no Expresso Oriente” de Kenneth Branagh

“Morte sobre o Nilo” (1978), de John Guillermin

Filme surpresa

Lembrando que quem conseguir aguentar a maratona de três filmes, ao fim irá ganhar um café da manhã. Os ingressos custam R$ 32,00 (inteira) e R$ 16,00 (meia), e dão direito aos três filmes, você pode adquirir-los clicando aqui ou indo até a bilheteria do cinema. O Caixa Belas Artes fica na Rua da Consolação, 2423, próximo ao metrô Consolação.

Sinopses.

“Assassinato no Expresso Oriente”: O detetive Hercule Poirot embarca de última hora no trem Expresso do Oriente, graças à amizade que possui com Bouc, que coordena a viagem. Já a bordo, ele conhece os demais passageiros e resiste à insistente aproximação de Edward Ratchett, que deseja contratá-lo para ser seu segurança particular. Na noite seguinte, Ratchett é morto em seu vagão. Com a viagem momentaneamente interrompida devido a uma nevasca que fez com que o trem descarrilhasse, Bouc convence Poirot para que use suas habilidades dedutivas de forma a desvendar o crime cometido.

“Testemunha de Acusação”: Quando Leonard Vole é preso sob a acusação de ter assassinado uma rica viúva de meia-idade, Sir Wilfrid Robarts, um veterano e astuto advogado, concorda em defendê-lo. Sir Wilfrid está se recuperando de um ataque do coração quase fatal e “supostamente” está em uma dieta, que o proíbe de ingerir bebidas alcoólicas e de se envolver em casos complicados. Mas a atração pelas cortes criminais é algo muito forte para ele, especialmente quando o caso é bem difícil. O único álibi de Vole é o testemunho da sua esposa, Christine Vole, uma mulher fria e calculista. A tarefa de Sir Wilfrid fica praticamente impossível quando Christine Vole concorda em ser testemunha, não da defesa, mas da acusação.

“Morte sobre o Nilo”: Em um cruzeiro pelo Nilo, uma rica herdeira é morta. Por coincidência quase todos os passageiros têm motivos diversos para matá-la. Enquanto no próprio navio as investigações têm início, novas mortes acontecem com o intuito de encobrir a verdade.