SINOPSE

Prestes a ganhar um segundo filho, Mac e Kelly estão dispostos a dar mais um passo rumo à vida adulta: morar em um subúrbio. Mas justo na hora em que decidem vender a casa, percebem que as vizinhas ao lado são de uma fraternidade muito mais sem limites que a anterior: as garotas de Kappa Nu, que estão cansadas das restrições da faculdade e decidiram criar uma república onde podem fazer tudo o que querem. A única saída será chamar Teddy, seu antigo vizinho, para ajudá-los a combater as estudantes

FICHA TÉCNICA

Direção:

Nicholas Stoller

Roteiro:

Seth Rogen, Evan Goldberg, Nicholas Stoller

Gênero:

Comédia

Produção:

Evan Goldberg, Seth Rogen

Elenco:

Seth Rogen, Rose Byrne, Zac Efron

Nacionalidade:

EUA

Ano de Produção:

2015 / 2016

Data de Lançamento:

19 de maio de 2016 (1h 32min)

Distribuição:

UNIVERSAL PICTURES

CLASSIFICAÇÃO

Direção:

Roteiro:

Fotografia:

Trilha-Sonora:

Efeitos Visuais:

Efeitos Especiais:

Item não avaliado

Direção de Arte:

Elenco:

Montagem:

Figurino:

Maquiagem:

Vizinhos2

Apesar do conteúdo apelativo, ‘Vizinhos 2’ consegue cumprir o seu principal objetivo: fazer rir.

A comédia cinematográfica, ao longo do tempo, conseguiu se dividir em vários e diversos tipos, com a mesma missão de provocar o bom humor do público. Hoje ao se ver comédias românticas, dramáticas, as sem noção e as exageradas, sendo este o tipo correspondente ao filme ‘Vizinhos 2’.

Dando continuidade à história do primeiro filme de Nicholas Stoller, o enredo mostra a tentativa do casal, Mac (Seth Rogen) e Kelly Radner (Rose Byrne), em tentar manter a paz na vizinhança para que sua casa seja alugada, durante o mês de caução. Kelly está grávida do seu segundo filho e precisa, junto com o marido, se mudar para uma casa maior, até que uma nova república universitária, chefiada por garotas, tendo como sua líder, a jovem Shelby (Chloë Grace Moretz). A república das jovens tem como seu mentor o ex-vizinho do casal, Teddy Sandres (Zac Efron), o qual busca vingança por ter perdido a luta contra os Radner para manter a sua fraternidade ativa na casa ao lado da do casal.

Vizinhos2-1

Seguindo o mesmo argumento do primeiro filme, o enredo é carregado de conteúdo demasiadamente grotesco, com muitos palavrões, consumo de drogas e cenas um tanto nojentas. A cena hilária do palhaço assustador de Ike Barinholtz é realmente um dos pontos fortes do filme.

A sequência, de um modo geral, não é tão engraçada em relação ao filme original. É divertido, atrai o público fã do gênero, mas nada mais do que isso. O conteúdo, obviamente, não tem nenhuma grandeza.

Um destaque para as participações especiais de Selena Gomez (em um papel um tanto bobinho de líder de irmandade) e de alguns atores que também participaram do primeiro filme, como Lisa Kudrow e Christopher Mintz Plasse.

Vizinhos2-2

Sobre o diretor Nicholas Stoller:

O cineasta inglês, que também escreveu e produziu outros filmes como ‘Os Muppets’ é famoso por fazer filmes sobre o cotidiano das pessoas com um certo humor excessivo. Independente de críticas, seus filmes são realizados para fazer o público rir.

Sobre Seth Rogen e Rose Byrne:

Seth Rogen está exatamente onde ele deve estar. Seu talento para atuar divide opiniões, mas ele sabe incrivelmente como fazer graça, mesmo em filmes ruins.

Muitos atores acabam saindo de áreas em que sempre trabalharam para conseguir se fixar em outros gêneros diferentes. É o caso de Liam Neeson que trocou o drama pela ação, Vera Farmiga que saiu do drama para o suspense e de Rose Byrne que está, ainda delicadamente, se fixando na comédia, mesmo não sendo muito engraçada.

Vizinhos2-3

Sobre Zac Efron:

Outro que se esforça, e muito, para se destacar no filme é Zac Efron, que praticamente desistiu dos musicais para tentar algo novo. Ainda é cedo para saber se a comédia é, de fato, o seu lugar. Mas em razão das cenas cômicas, tanto neste quanto no primeiro filme, pode-se dizer que o telespectador está curioso em saber como será a sua trajetória.

Sobre Chloë Grace Moretz:

Após uma série de filmes em destaque como ‘Se Eu Ficar’ e ‘A 5ª Onda’, muita gente se perguntou o real motivo de a atriz ter se rebaixado e se desvalorizado tanto até mesmo em seu cachê, fazendo um papel totalmente insignificante para a sua carreira. Apesar do rostinho bonito e carisma, o papel de Shelby poderia ter sido interpretado por qualquer outra atriz com estas características. Com certeza seus fãs adoraram, mas para a crítica especializada isso pode significar um tiro no pé uma vez que, primeiro, ela não é comediante e sim uma “pseudocômica” (artista que se torna engraçado não pelo seu talento, mas por causa dos fatores da história, enredo, roteiro e demais aspectos de uma produção, seja ela cinematográfica, teatral ou televisiva).

Outro fator desfavorável é o conjunto de palavrões que a atriz fala ao longo do filme, o que ficou extremamente chato. É algo que funcionou em ‘Kick Ass’, mas não deu certo em ‘Vizinhos 2’.