Hoje, dia 3 de maio, faz 15 anos que o primeiro filme do herói mais querido foi para às telonas, porém no Brasil o filme chegou 15 dias depois, 17/5/2002. Sendo portador de grandes poderes como super-força, resistência, reflexos, equilíbrio, agilidade e velocidade sobre-humanas, escalar paredes, geração de teias, sentido aranha, intelecto genial e mestre em combate corpo-a-corpo, Homem Aranha ganhou seus poderes após ser picado por uma aranha radioativa de um laboratório.

O primeiro filme do herói foi lançado em 2002, sendo dirigido por Sam Raimi e roteirizado por David Koepp. A trama gira em torno de Peter Parker, órfão desde criança, vive em Nova York com sua querida tia May e seu estimado Tio Ben. Peter leva a vida normal de qualquer jovem estudante, trabalhando como fotógrafo no jornal Clarim Diário, sob a tutela do editor J. Jonah Jameson, correndo atrás da atraente Mary Jane e divertindo-se com seu amigo Harry Osborn. Durante uma excursão da escola, onde Peter e seus colegas assistem a demonstrações científicas com aranhas, Peter é mordido por uma aranha geneticamente modificada. Pouco depois, ele descobre que adquiriu poderes incríveis: ele vê-se dotado com força e agilidade de aranhas, bem como uma aguçada percepção extrasensorial “aracnídea”. Como Homem Aranha, Peter entende as palavras do tio e decide usar seus extraordinários poderes na luta contra o crime. Enquanto isso, o empresário megalomaníaco Norman Osborn, pai de seu amigo Harry, também anda passando por transformações. Um teste com uma fórmula experimental aumenta sua força e inteligência, mas também o leva à insanidade. Agora, ele é o Duende Verde, que irá desafiar a determinação do jovem Peter Parker de combater o crime e ajudar inocentes. “Homem-Aranha” foi estrelado por Tobey Maguire, como Peter Parker/Homem Aranha, Kirsten Dunst como Mary Jane, James Franco como Harry Osborn, Willem Dafoe como Norman Osborn/Duende Verde, Cliff Robertson como tio Ben, Rosemary Harris como tia May e J.K. Simmons como J. Jonah Jameson.

Créditos: Divulgação

Sendo os primeiros filmes uma trilogia, logo veio “Homem-Aranha 2” e “Homem-Aranha 3”.

“Homem-Aranha 2” foi lançado em 2004, sendo novamente dirigido por Sam Raimi, já o roteiro sofreu mudanças, sendo Alfred Gough, Miles Millar, Michael Chabon e Alvin Sargent os responsáveis. Dois anos se passaram desde que o tranquilo Peter Parker separou-se do grande amor de sua vida, Mary Jane Watson, e decidiu assumir o compromisso e a responsabilidade de seguir sendo o Homem-Aranha. Peter enfrenta novos desafios enquanto aprende a lidar com “seu dom e sua maldição”, tentando desesperadamente harmonizar suas duas identidades: a do super-herói aracnídeo, o Homem-Aranha, e a do estudante universitário. O elenco manteve o mesmo, exceto pela saída de Willem Dafoe e Cliff Robertson, a novidade foi Alfred Molina que interpretou o vilão Dr. Otto Octavius.

Créditos: Divulgação

O terceiro e último filme dessa franquia, “Homem-Aranha 3”, estreou em 2007. No longa, Peter Parker finalmente conseguiu encontrar o equilíbrio entre sua devoção a Mary Jane e suas obrigações de super-herói. Mas uma tempestade se aproxima de seu horizonte. Quando a sua roupa de Homem-Aranha repentinamente se transforma, tornando- se negra e aumentando seus poderes, ela também transforma Peter. Sob a influência dessa nova roupa, Peter se torna convencido e arrogante, passando ainda a negligenciar as pessoas que mais ama. Enquanto dois dos mais temidos vilões já vistos, Homem-Areia e Venom se unem para arquitetar uma incrível vingança contra o Homem-Aranha, a maior batalha de Peter é consigo mesmo. O Homem-Aranha vai ter que redescobrir a compaixão que o faz ser quem realmente é: um herói. O roteiro sofreu novamente mudanças, Sam Raimi, Ivan Raimi e Alvin Sargent assinaram dessa vez, e Sam se manteve na direção. Já a novidade desse elenco foram os atores Thomas Haden Church que interpretou o Homem Areia e Topher Grace que foi Venom, ambos sendo vilões, a atriz Bryce Dallas Howard também ingressou ao elenco, sendo Gwen Stacy, o novo amor de Peter.

Créditos: Divulgação

Aqui se encerra uma saga do Homem Aranha, sempre interpretado por Tobey Maguire. Os filmes foram grandes sucessos, e em muitos casos sendo os preferidos do fãs do herói.

Já em 2012 começou uma segunda era, sendo agora protagonizado por Andrew Garfield. Aqui vemos uma mudança na história, a qual Peter Parker ainda está no colégio e sua paixão é por Gwen Stacy.

Com o nome de “O Espetacular Homem-Aranha“, a trama gira em torno de Peter Parker, um estudante rejeitado por seus colegas e que foi abandonado por seus pais ainda criança, sendo então criado por seu Tio Ben e pela Tia May. Como muitos adolescentes, Peter tenta descobrir quem ele é e como tornou-se a pessoa que é hoje. Peter também está começando uma história com sua primeira paixão, Gwen Stacy, e juntos eles lidam com amor, compromissos e segredos. Quando Peter descobre uma misteriosa maleta que pertenceu a seu pai, ele começa uma jornada para entender o desaparecimento de seus pais – o que o leva diretamente à Oscorp e ao laboratório do Dr. Curt Connors, antigo sócio de seu pai. Procurando por respostas e uma conexão, Peter comete um erro que o coloca em rota de colisão com o alter-ego do Dr. Connors, O Lagarto. Como Homem-Aranha, Peter tem que tomar decisões que podem alterar vidas, para usar seus poderes e moldar seu destino de se tornar um herói. Com uma nova era, uma nova equipe, quem assume a direção é Marc Webb, já James Vanderbilt, Alvin Sargent (novamente) e Steve Kloves escrevem o roteiro. Como dito anteriormente Andrew Garfield está no elenco como Peter Parker/Homem Aranha, junto com ele temos Emma Stone como Gwen Stacy, Martin Sheen como tio Ben, Sally Field como tia May e Rhys Ifans como Dr. Curt Connors/O Lagarto. Nesse filme Harry Osborn não aparece.

Créditos: Divulgação

Em “O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro”, de 2014, a direção continua com Marc Webb, porém o roteiro tem mudanças, Alex Kurtzman, Roberto Orci, Jeff Pinkner e James Vanderbilt fica encarregados. Nesse filme não há nada mais legal para Peter do que se balançar entre arranha-céus, ser um herói e passar tempo com Gwen. Mas ser o Homem-Aranha tem um preço: apenas ele pode proteger os nova-iorquinos dos vilões que ameaçam a cidade. Com o surgimento de Electro, Peter precisa confrontar um inimigo mais poderoso do que ele. E quando seu velho amigo Harry Osborn retorna à cidade, Peter percebe que todos os seus inimigos têm uma coisa em comum: a Oscorp. Aqui não temos mais a participação de Martin Sheen e Rhys Ifans, porém novos rostos aparecem como Jamie Foxx como o vilão Electro e Dane DeHaan que interpreta Harry Osborn.

Créditos: Divulgação

A saga do “O Espetacular Homem-Aranha” dividiu os fãs, os quais muitos gostaram e muitos odiaram, preferindo Tobey Maguire no papel.

Mas as histórias do Peter Parker nos cinemas não parou aí, em 2016 um novo Homem Aranha foi apresentado ao público no filme “Capitão América: Guerra Civil”, sendo esse interpretado por Tom Holland.

Ainda esse ano, o herói promete voltar aos cinemas com o filme “Homem-Aranha: De Volta ao Lar“. O filme estreia 6 de julho e conta a história de um Peter entusiasmado por sua experiência com os Vingadores e sob o olhar atento de seu novo mentor, Tony Stark, retorna à casa onde vivia com sua Tia May. Distraído por pensamentos de provar ser mais do que apenas o Homem-Aranha, amigo da vizinhança, ele tenta se readaptar à sua rotina diária. Mas quando o Abutre emerge como um novo vilão, tudo o que Peter considera mais importante em sua vida será ameaçado. O novo (e próximo) filme no elenco com Tom Holland no papel de Peter Parker/Homem Aranha, Marisa Tomei como tia May, Robert Downey Jr. como Tony Stark/Homem de Ferro e Michael Keaton como o vilão Abutre.

Dirigido por Jon Watts e escrito por Jonathan Goldstein, John Francis Daley, Jon Watts, Christopher Ford, Chris McKenna e Erik Sommers, essa nova fase do Homem Aranha promete não mostrar sua origem já manjada por todos e sim focar em suas novas aventuras.

Créditos: Divulgação