Quando Jared Leto foi anunciado como o próximo Coringa os fãs ficaram entusiasmados com a ideia. Jared havia interpretado uma grande variedade de personagens, e logo o maior inimigo do Batman não seria um trabalho tão árduo pra ele. A Warner usou e abusou do Coringa nos trailers. E quando finalmente saiu o filme… digamos que não era o que os fãs esperavam. Mas a culpa foi de quem?

Assistindo o filme você não tem dúvidas que ele é do David Ayer. A pegada violenta, o apelo emocional e principalmente o valor da amizade, algo evidente em ‘Marcados Para Morrer’ e ‘Corações de Ferro’. Entretanto, pude sentir um dedo do estúdio ali. Os longas deste diretor são bem mais violentos. A maioria são classificados como +16. O estúdio, muito covardemente, quis uma faixa etária de +12, mesmo vendo o sucesso da Fox com Deadpool, e condenou o filme.

jared-leto-s-joker-nods-to-batman-endgame-in-new-suicide-squad-trailer-this-guy-jar-929802-e1460820882109-744x400

Tudo isso já explica o porquê da participação do Coringa não ter sido satisfatória. Suas cenas que evidentemente seriam as mais violentas tiveram de ser censuradas, caso contrário a censura aumentaria a faixa etária e diminuiria a arrecadação da bilheteria. Entendeu porque a decisão foi covarde?

Há também os bonitões que ousam comparar o Coringa de Jared Leto com o Coringa de Heath Ledger e Jack Nicholson. Tanto Ledger quanto Nicholson foram os antagonistas de seus filmes. Tiveram espaço e uma grande importância para o mesmo. Quem diz que o Coringa de Leto não teve relevância para o longa com certeza não prestou atenção no filme. Ele foi crucial para o diretor introduzir a Arlequina na trama, caso contrário ela seria uma louca sem motivo que mata as pessoas por nada. Todavia, não há como negar que a importância do Coringa de Leto é mínima, embora exista.

coringa-1

Ben Affleck já confirmou que irá dirigir um filme solo do Batman. Essa é a chance perfeita para Jared Leto atuar como Coringa e provar, ou não, que é melhor que seus antecessores. O próprio ator se demonstrou chateado pelo resultado final ter cortado todo o seu trabalho. Antes de isso acontecer, não há como julgar sua atuação. Ele sequer teve espaço e nem uma grande relevância ao filme. Muito diferente do Coringa das versões do Tim Burton e Christopher Nolan.

Rumores dizem que em 2019 haverá ‘Esquadrão Suicida 2’. Eu espero (imagino que você também) que a Warner não seja covarde e deixe o diretor trabalhar da maneira que ele quiser. Duvido que isso irá ocorrer, mas não custar acreditar. Até lá vamos torcer para que Leto não abandone o cinema, como ele mesmo havia cogitado, e nos dê uma grande atuação do Coringa para deixar Nicholson e Ledger, esteja onde estiver, orgulhoso.