Edição: Camila Honorato | Colaboraram: Felipi Vidal Fraga e Aline Pagotto

O dia 18 de maio é marcado como uma data de lutas, de denúncias, de todas as formas de proteção. Há 43 anos, a jovem Araceli Cabrera Crespo, de apenas oito anos de idade, foi encontrada morta em uma mata próxima ao Hospital Infantil de Vitória, no Espírito Santo. Raptada por três membros de uma família influente do estado, foi estuprada, drogada e morta. Seu corpo foi achado dias depois de sua morte.

Em homenagem a ela, e a tantas outras pequenas Aracelis, o data do seu desaparecimento foi tombada como o Dia Nacional do Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

00_18_de_maio_caso_araceli_1_1

Em atenção a essa campanha tão importante, o Pipoca de Pimenta preparou uma análise sobre como esse problema mundialmente conhecido é tratado nas produções cinematográficas. Trigger Warning: é fato que essas produções analisadas dispõem de um conteúdo, no mínimo, impactante e perturbador. Os 22 filmes selecionados retratam a realidade nua e crua de muitas vítimas de estupro e exploração sexual.

É valido dizer que tal reflexão tem o intuito de mostrar ao público que tipo de atrocidades e atos covardes as pessoas são capazes de cometer.

plc250573gz14

Analisando o conjunto de obras cinematográficas sobre o tema em questão, o leitor poderá vir a entender, de forma triste e revoltante, o lado sombrio do ser humano e de como este pode ser nocivo e perverso para com o seu semelhante. Trata-se dos verdadeiros monstros assustadores que existem e vivem dentro de uma determinada sociedade.

A matéria a seguir compreende e reflete uma série de sentimentos demonstrados tanto pelos colaboradores deste site quanto pelos leitores. Ou seja: reflete um sentimento de tristeza, raiva, medo, revolta, intolerância, dentre muitos outros. Entretanto, esta mesma matéria também mostra outro tipo de emoção: a compaixão, tanto pelas vítimas dos citados crimes bárbaros quanto pelas pessoas hostilizadas e acusadas injustamente da prática dos mesmos.

LOLITA (1962)

Curiosamente, um filme polêmico que virou clássico. A história gira em torno da obsessão de um homem de meia idade por uma adolescente. O filme de Stanley Kubrick era um verdadeiro escândalo perante uma sociedade conservadora, mas comparada aos filmes mais atuais, incluindo a refilmagem desta produção de 1997, não passa de um modesto clichê.

01LOLITA (1962)

TAXI DRIVER (1976)

Outro clássico, desta vez de Scorsese, o filme é um drama vivido por um motorista de táxi vivenciando os perigos do seu cotidiano. A polêmica está na personagem de Jodie Foster, que vive uma adolescente prostituída. Uma imagem bastante chocante, mas realista em atenção ao problema da prostituição infantil.

02TAXI DRIVER (1976)

MALADOLESCENZA (1977)

Este talvez seja o filme mais perturbador já realizado pela Sétima Arte. Banido em muitos países, a produção italiana foi muito perseguida devido às cenas de nudez total de duas garotas, na época com doze anos. Ironicamente, o filme não mostrava nenhum aspecto relacionado ao tema em questão, mas sim era o próprio filme que se tornara um típico material “criminoso” em relação aos problemas mundanos da atualidade.

03MALADOLESCENZA (1977)

EU, CHRISTIANE F., 13 ANOS, DROGADA E PROSTITUÍDA (1981)

Este dispensa apresentações. O filme alemão de grande repercussão, baseado em uma história real, é a retratação perfeita da exploração sexual e o problema das drogas vivido por adolescentes no fim dos anos 70 para o início da década de 80.

04EU, CHRISTIANE F

TEMPO DE MATAR (1996)

O filme conta a história do julgamento de um homem negro (Samuel L. Jackson), acusado de duplo homicídio ao assassinar os estupradores de sua filha. Fato, este, que acaba desencadeando uma onda de fúria entre os membros da Ku Klux Klan contra a comunidade negra de uma cidade e contra os apoiadores da causa do homem acusado.

05TEMPO DE MATAR (1996)

SLEEPERS – A VINGANÇA ADORMECIDA (1996)

Também baseado em fatos reais, o filme mostra a história de quatro adolescentes condenados por homicídio que sofrem abuso sexual dos guardas de um centro de detenção. Dois dos jovens, anos depois de serem libertados, acabam matando um dos guardas por vingança e o julgamento dos acusados acaba provocando várias revelações acerca dos acontecimentos aterrorizantes vivenciados por eles quando estavam presos no referido centro.

06SLEEPERS - A VINGANÇA ADORMECIDA (1996)

SOBRE MENINOS E LOBOS (2003)

O personagem de Tim Robbins, quando criança, sofre abuso sexual de dois sequestradores. O acontecimento acaba por torná-lo um homem misterioso dentro do bairro onde crescera. O aspecto citado acaba servindo como indício para tê-lo como suspeito da morte de uma moça, filha do personagem de Sean Penn.

07SOBRE MENINOS E LOBOS (2003)

PECADOS EM FAMÍLIA (2004)

A personagem de Kirstie Alley, aos olhos da sociedade, era uma respeitável mãe de família – até que uma de suas filhas adotivas acaba indo até a polícia para acusá-la, bem como ao seu marido e filho, de cárcere privado e abuso sexual quando a vítima ainda era uma criança. É um filme comovente sobre abuso sexual dentro de uma família.

08PECADOS EM FAMÍLIA (2004)

MENINA MA.COM (2005)

Esta é uma reflexão sobre a vingança provocada contra praticantes do crime de abuso sexual. A personagem de Ellen Page é uma menina que tenta seduzir um suspeito de estupro, chegando a cometer seguidos atos de tortura contra o o personagem vivido por Patrick Wilson. Apesar do conteúdo bastante cruel, o desenrolar do enredo acaba satisfazendo ao gosto de muitos telespectadores.

09MENINA MA.COM (2005)

ANJOS DO SOL (2006)

Talvez o filme brasileiro mais revoltante já realizado em toda a história do cinema nacional. O longa metragem aborda o problema do mercado negro sexual, onde crianças e adolescentes são tiradas de suas famílias para serem vendidas como escravas sexuais. O filme também aborda a existência das casas de prostituição de meninas nos garimpos e povoados interioranos do Brasil.

10ANJOS DO SOL (2006)

PECADOS ÍNTIMOS (2006)

O filme é um conjunto de diferentes histórias sobre diversos personagens. Mas é grande destaque é o personagem do ator Jackie Earle Haley, um homem acusado de abuso sexual infantil que acaba hostilizado e perseguido pela população de uma comunidade.

11PECADOS INTIMOS (2006)

HOUNDDOG (2007)

A cena do estupro da personagem de Dakota Fanning é, no mínimo, perturbadora. Não só pelo ato, mas também pela forma em que a garota é induzida e violentada. No longa, a personagem encontra no blues um consolo para os maus tratos terríveis aos quais é submetida. Na época de seu lançamento, o longa metragem causou revolta por parte dos espectadores e até mesmo da Igreja.

12HONDDOG (2007)

DÚVIDA (2008)

Um conhecido e polêmico problema em torno dos padres acusados de abuso sexual infantil dentro dos muros da Igreja. O drama estrelado Meryl Streep, Amy Adams e Philip Seymour Hoffman é discreto, mas retrata uma problemática ainda existente nos dias atuais.

13DÚVIDA (2008)

UM OLHAR DO PARAÍSO (2009)

Uma história conturbada e melancólica sobre uma menina (Saoirse Ronan) que acaba sendo violentada e morta pelo seu agressor (Stanley Tucci). Ao permanecer no limbo, entre dois mundos, ela acaba tendo contato com todas as vítimas de abuso do mesmo criminoso. A fotografia é um dos grandes destaques do longa metragem.

14UM OLHAR DO PARAISO (2009)

O CONTADOR DE HISTÓRIAS (2009)

Um dos filmes brasileiros mais comoventes de todos os tempos. É preciso destacar que uma de suas cenas causa calafrios ao mostrar o menino Roberto Carlos Ramos, personagem principal da trama, sendo estuprado por um delinquente.

15O CONTADOR DE HISTORIAS (2009)

PRECIOSA – UMA HISTÓRIA DE ESPERANÇA (2009)

Outro exemplo de violência sexual infantil cometida dentro de uma família. A história gira em torno de Preciosa, uma mãe adolescente que foi vítima do abuso cometido por seu pai e acaba engravidando, além de contrair AIDS. O roteiro chocante rendeu o Oscar a Geoffrey S. Fletcher na categoria e fez Mo’Nique, que deu vida à mãe cruel da protagonista, levar a estatueta de Melhor Atriz Coadjuvante para casa.

16PRECIOSA – UMA HISTÓRIA DE ESPERANÇA (2009)

CONFIAR (2010)

Este suspense dramático retrata o problema do distanciamento social entre pai e filha, o que acaba por permitir que a personagem Annie (Liana Liberato) acabe se tornando vítima de abuso sexual por um pedófilo. O roteiro é uma perfeita reflexão do papel dos pais na supervisão da utilização da internet por parte dos seus filhos – e de como é importante estar atento ao assunto.

17CONFIAR (2010)

A INFORMANTE (2010)
Dirigido por Laryssa Kondracki, o filme relata o terrível caso envolvendo abusos sexuais cometidos contra jovens meninas na Bósnia nos anos 1990, forçadas à prostituição e à escravidão sexual. No longa metragem, a atriz inglesa Rachel Weizz vive Kathy Bolkovac, uma agente policial do interior do Nebraska que acaba mergulhando fundo na investigação dos casos, acobertados por membros da ONU.

the-whistleblower-pic06

A CAÇA (2012)

Este conturbado drama dinamarquês reflete sobre as injustiças cometidas pelas pessoas. O filme conta a história de um professor de ensino primário que acaba sendo vítima de um comentário ingênuo de uma aluna ao acusá-lo de abuso. O aspecto cruel do filme é o fato de que, mesmo inocentado, o professor continua a ser perseguido por pessoas intolerantes e revoltadas.

18A CAÇA (2012)

3096 DIAS DE CATIVEIRO (2013)

O longa alemão é baseado em fatos reais, desenvolvidos a partir dos relatos vívidos da austríaca Natascha Kampusch em sua biografia homônima. Sequestrada ainda criança, a jovem foi mantida em cativeiro de 1998 a 2006, sofrendo todo tipo de tortura psicológica e sexual pelo seu sequestrador, Wolfgang Přiklopil. Sua fuga acabou resultando no suicídio do agressor e Natascha, apesar dos anos de terror vividos, conseguiu superar todo o trauma e hoje é tida como uma celebridade.

193096 DIAS DE CATIVEIRO (2013)

O QUARTO DE JACK (2015)

O longa, que rendeu o Oscar de Melhor Atriz para Brie Larson em 2016, possui traços bastante impressionantes. Primeiro: a história se parece muito com a de Natascha Kampusch, relatada acima, uma vez que a personagem Larson é sequestrada ainda adolescente e acaba tendo que criar seu filho, fruto do relacionamento com o seu sequestrador, dentro do cativeiro. Outro ponto marcante do filme é o fato do menino Jack, vivido por Jacob Trembley, presenciar os vários momentos em que sua mãe é estuprada pelo seu pai.

20O QUARTO DE JACK (2015)

SPOTLIGHT – SEGREDOS REVELADOS (2015)

O vencedor do Oscar de Melhor Filme em 2016 não só trata dos crimes de abuso sexual cometidos por padres como faz um levantamento de dados pertinentes a toda uma investigação reveladora, realizada e transmitida para todo o mundo. É um grande salto em torno do combate ao crime de abuso sexual na Igreja Católica.

21SPOTLIGHT – SEGREDOS REVELADOS (2015)

Para todas as vítimas e pais de vítimas destes terríveis crimes comentados, deixamos aqui o nosso sincero respeito e solidariedade.