SINOPSE

A jovem estudante Laura (Alycia Debnam-Carey) passa sua vida com incontáveis amigos em redes sociais. Mas após a morte de um colega de classe, o mundo virtual de Laura se torna mais e mais ameaçador e começa a se tornar real.

FICHA TÉCNICA

Direção:

Simon Verhoeven

Roteiro:

Matthew Ballen, Philip Koch, Simon Verhoeven

Gênero:

Terror, Suspense

Produção:

Matthew Ballen, Quirin Berg, Stefan Gärtner

Elenco:

Alycia Debnam-Carey, William Moseley, Connor Paolo

Nacionalidade:

Eua

Ano de Produção:

2016

Data de Lançamento:

2016

Distribuição:

Sem previsão de distribuição no Brasil

CLASSIFICAÇÃO

Direção:

Roteiro:

Fotografia:

Trilha-Sonora:

Efeitos Visuais:

Efeitos Especiais:

Item não avaliado

Direção de Arte:

Elenco:

Montagem:

Figurino:

Maquiagem:

friendrequest

É curioso perceber que, após tanta inovação tecnológica o cinema também pode evoluir conjuntamente, trazendo filmes com temáticas novas com produções inéditas sobre assuntos novos. É o caso do terror ‘Friend Request’.

Primeiramente, o telespectador deve entender que não se trata de uma sequência ou outro filme baseado nos mesmos aspectos utilizados também no terror ‘Amizade Desfeita’, uma vez que este aborda fatores redundantes acerca das redes sociais.

Em ‘Friend Request’ se observa a relação natural dos jovens universitários dentro das redes sociais. Conta-se, neste caso a história Laura Woodson, interpretada por Alycia Debnam-Carey (conhecida pelas séries ‘Fear The Walking Dead’ e ‘The 100’, bem como de filmes como ‘No Olho do Tornado’). Laura Woodson é, de fato, uma das pessoas mais populares da universidade em que estuda, com uma conta de rede social na qual possui vários seguidores e amigos virtuais. Além disso, Laura segue uma rotina bastante repleta de vida noturna festiva bastante agitada, ao lado de pessoas engraçadas e amistosas, sem falar que assim como toda moça popular, desperta a atenção dos seus seguidores com seus “looks” elegantes e “selfies” felizes.

friendrequest0

Crédito: Divulgação

Em meio a tantos aspectos positivos da vida movimentada no cotidiano de Laura, uma nova pessoa aparece desejando entrar no seu mundo de amizade, Marina Mills (Liesl Ahlers), uma garota bastante estranha com um visual um tanto sinistro ao estilo gótico, que tenta se aproximar de Laura. Marina tenta de qualquer forma se tornar amiga de Laura, tanto de forma pessoal como dentro da rede social em que Laura participa. Curiosamente, ao ter o pedido de amizade aceito por Laura, Marina acaba possuindo apenas ela como amiga, o que levanta sérios questionamentos daquela ao perceber, não apenas este fato, mas também ao reparar as postagens que Marina faz na rede social, com desenhos e vídeos sinistros, os quais são inquietantes por manifestarem tristeza e medo para quem os vê.

A tentativa de Marina para se aproximar de Laura, acaba se transformando em uma atitude obsessiva ao ponto de Laura decidir excluir Marina da rede social e ignorá-la por completo no ambiente universitário. Tal tática faz com que Marina entre em desespero, chegando ao ponto de gravar um vídeo mostrando o seu suicídio na rede social, o que acaba abalando todos os estudantes e professores. Curiosamente, o modo com que Marina se suicida acaba transparecendo uma espécie de ritual voltado para a prática de bruxaria, condenando não apenas Laura, mas também a todos as outras pessoas que fazem parte de sua vida.

friendrequest2

Crédito: Divulgação

Uma maldição acaba caindo sobre as pessoas que tentam ajudar Laura a desvendar esse mistério de Marina. Pouco a pouco as pessoas vão morrendo de forma estranha com traços de suicídio, ao mesmo tempo em que as mortes registradas em vídeos são mostradas na rede social de Laura sem o consentimento da mesma, o que afeta a relação dela com as pessoas que a seguem. Outro mistério que assola a situação de Laura é o fato de que a mesma não consegue sequer cancelar sua conta na rede social em virtude do escândalo envolvendo a morte de seus amigos. Deste modo, Laura não tem outra escolha a não ser desvendar esse mistério envolvendo a vida de Marina e como a mesma chegou a esse ponto de loucura.

O filme consegue ser objetivo e claro, sem delongas, sem mistérios além da conta e sem a necessidade de colocar o telespectador para pensar demais. O final consegue se tornar aceitável e inesperado. Entretanto, vários pontos do filme deixam a desejar, como por exemplo, o fato do terror mostrado no filme ser um tanto repetitivo e, apesar do final, bastante previsível. Outro ponto que não pegou bem foi o fato das vítimas das aparições fantasmagóricas apresentarem olhos com cores incomuns, geralmente como ocorre com os zumbis e vampiros nos filmes, o que não pegou muito bem com a produção em questão, uma vez que isso fez perder totalmente a originalidade do enredo. Os efeitos envolvendo a aparição de entidades demoníacas e fantasmas se mostraram aceitáveis mesmo sem caracterizar com exatidão as respectivas figuras assustadoras, o que fez aumentar a curiosidade do público sobre o que realmente estava perseguindo as vítimas.

A australiana Alycia Debnam-Carey ganhou notoriedade em ‘Fear The Walking Dead’ como a astuta, mas sensível, Alice e agora recebeu a oportunidade de protagonizar uma produção cinematográfica. Em contrapartida, vemos William Moseley, que ganhou fama ao interpretar o príncipe Pedro da franquia ‘As Crônicas de Nárnia’, estando o ator, desta vez em ‘Friend Request’, quase que irreconhecível devido o mesmo ter chegado à fase adulta e após ter perdido o prestígio ao não participar mais de produções realmente importantes.