65 copy

Uma das melhores animações da Disney chegou aos cinemas neste primeiro mês do ano. “Frozen – Uma Aventura Congelante” nos presenteia com uma história brilhante e uma trilha sonora fantástica. Há tempos os estúdios Walt Disney não elaboravam um longa com conteúdo tão incrível, e nos faz crer que não foi à toa que a animação está entre as indicados ao Oscar de 2014 de “Melhor Animação”, e além disso é a grande favorita para receber o prêmio mais desejado do mundo cinematográfico. O filme foi inspirado no conto de fadas “A Rainha da Neve”, do dinamarquês Hans Christian Andersen.
O roteiro de “Frozen – Uma Aventura Congelante” foi escrito por Jennifer Lee, roteirista do também bem-sucedido “Detona Ralph”. Jennifer estreia na direção ao lado de Chris Buck, conhecido por dirigir um dos maiores sucessos da Disney, “Tarzan”, de 1999. A diretora é a primeira mulher a dirigir um filme de animação dos estúdios Walt Disney. A trilha sonora arrepiante ficou por conta de Christophe Beck, que honrou seu trabalho nos apresentando canções esplêndidas.
Algumas homenagens são feitas durante a animação, como o nome do vilão Hans, homenageando o autor da história original Hans Christian Andersen. Além disso, é possível ver uma participação especial dos personagens Rapunzel e Eugene, de “Enrolados”, de 2010, durante a canção “For the First Time in Forever”.
O ponto encantador do filme é o fato de as duas irmãs, Elsa e Anna, serem as protagonistas do longa, e não um casal apaixonado, como normalmente vemos, principalmente, nos filmes da Disney… O que salva Anna não é o beijo do amor verdadeiro, e sim a atitude de sua irmã ao vê-la congelando. O amor fraterno. Essa é a maior mensagem do filme. Não podemos esquecer das cenas bem elaboradas envolvendo Kristoff, seu fiel amigo alce Sven, e o hilário boneco de neve Olaf, que conta com a dublagem local do comediante Fábio Porchat.
“Frozen – Uma Aventura Congelante” é, com certeza, uma das maiores e melhores animações do Cinema, atingindo os corações das crianças, jovens, adultos e dos mais velhos.