108 copy

Os sentimentos dos personagens foram muito explorados em ambos, os roteiro foram muito bem montados, mas, como em quase todos os filmes da série, muitas passagens importantes não estiveram presentes tanto na Parte I quando na Parte II.
A trilha sonora ganha peso, e os dizeres bem escritos também. No geral, os filmes foram excelentes, mas infelizmente o final de “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte II” não foi muito explorado, deixando um vazio para os amantes da série. Foram quase 10 anos de espera para que Harry desse um fim em Voldemort, e a cena final não honrou essa espera, porém muitos pontos devem ser parabenizados, principalmente quando vemos Hogwarts ir ao chão, os efeitos especiais usados na cena mexem com os espectadores de uma forma em que os quase 10 anos da série no cinema passam como em trailer na nossa mente.

Chega o final da série de grande sucesso, Lord Voldemort e Harry Potter se enfrentam, nós são desatados e verdades vêm à tona. Ambos os filmes possuem algo diferente, os assistimos como se uma parte de nós estivesse indo embora com Harry. Laços se formaram, e é por isso que para os fãs potterianos, nada acabou. Porém é difícil se conformar com o fato de que não haverá mais contagens regressivas para as estreias.

“Harry Potter” foi, com toda a certeza, um exemplo no quesito maquiagem, e por isso me pergunto como nenhum filme da série foi o vencedor do Oscar nessa categoria. O longa em sua primeira parte foi indicado ao Oscar nas categorias Melhores Efeitos Especiais e Melhor Direção de Arte. Ao BAFTA às categorias Melhor Maquiagem e Melhores Efeitos Especiais. A segunda parte foi indicada ao BAFTA nas categorias Melhores Efeitos Visuais, Mlehor Design de Produção, Melhor Som e Melhor Maquiagem e Cabelo, sendo vencedor na categoria Melhores Efeitos Visuais. Ao Oscar, foi indicado às categorias Melhor Direção de Arte, Melhor Maquiagem e Melhores Efeitos Visuais.

“Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I” ocupa a 20ª posição na bilheteria mundial e “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte II” ocupa a incrível 4ª posição.