Wang Jianlin, chairman of Wanda commercial properties, attends a ceremony during the debut of the company at the Hong Kong Stock Exchange

Vamos aos negócios meus amigos e amigas. A questão do momento é: Hollywood pode ser ‘comprada’ por empresas chinesas?

Bem, a resposta é simples: sim, as principais empresas, produtoras e distribuidoras de Hollywood podem ser adquiridas por grupos e conglomerados chineses. Essa é uma realidade que começou a tomar forma em 2015, e ao que tudo indica, em 2016 será concretizada.

A primeira e grande aquisição, que começa a gerar burburinho na mídia, é referente ao grupo Wanda, que pretende comprar o estúdio Legendary Entertainment, responsável por filmes como ‘A Colina Escarlate’e ‘A Grade Muralha’, só para citar alguns dos mais recentes filmes da empresa.

O negocio, pelo que se especula, vai girar em torno de 3 a 4 bilhões de dólares, e pode mudar os rumos de outras empresas, que se mostraram interessadas na negociação. Eventualmente, Hollywood passou por crises que culminaram em parcerias com produtoras chinesas, sauditas e dos Emirados Árabes. Filmes como ‘Missão Impossível 5: Nação Secreta’, tiveram a maior parte do investimento, oriundos de empresas não americanas.

Dificilmente o mercado chinês vai ‘engolir’ Hollywood. Contudo, a confirmação de que novos ‘empreendimentos’ podem surgir é uma realidade, e o mercado cinematográfico é um foco imediato.