O diretor Michael Bay escreveu, em seu site, uma carta contando o processo criativo do filme “Transformers: O Último Cavaleiro”. Além de compartilhar algumas curiosidades, Bay assumiu que este pode ser seu último longa da franquia.

“Tenho vivido nessa franquia há mais de dez anos. Para “Transformers: O Último Cavaleiro”, montamos uma sala de roteiristas com o objetivo de expandir nossa mitologia, integrando nossos filmes de uma nova maneira. Todos os filmes vão se interligar”, escreveu.

Neste cômodo, Bay conviveu com importantes roteiristas, a exemplo de Akiva Goldsman, de “Uma Mente Brilhante”, e Art Marcum e Matt Holloway, ambos de “Homem de Ferro”. Durante o verão de 2015, esse time trabalhou com mais de 10 mil imagens conceituais da história da franquia, incluindo quadrinhos, filmes e até a cabeça de um Megatron. “Era o quarto dos sonhos de um fã”, descreveu Bay.

“É agridoce para mim. Depois de todos os filmes de “Transformers, eu disse que seria o meu último. Eu vejo 120 milhões de fãs ao redor do mundo que veem esses filmes, as grandes filas nos parques temáticos e as incríveis crianças do Make-A-Wish que visitam meus sets, e isso de alguma forma me faz voltar atrás. Eu amo fazer esses filmes. Esse filme foi especialmente divertido de gravar. Mas, dessa vez, pode realmente ser o último. Então, estou fazendo tudo ao máximo”.

“Transformers: O Último Cavaleiro” estreia nos cinemas no dia 22 de junho. E você pode conferir a sinopse do longa clicando aqui.