Há quase um mês atrás o serviço de streaming Netflix e o Festival de Cannes se envolveram em um polêmica. Os filmes  “The Meyerowitz Stories” e “Okja”, da Netflix, estão concorrendo à Palma de Ouro, feito esse que não agradou setor de salas de cinema da França. Como na França, a federação de salas de cinema tem grande importância, rumores sobre a retirada dos filmes tiveram início. O Festival e a Netflix tentaram negociar, o qual o Festival propôs que os filmes em questão fossem exibidos nos cinemas da França, porém a Netflix negou.

Porém, recentemente a Netflix mudou sua decisão, em comunicado emitido na segunda-feira (05), a empresa anunciou que no mês de junho irá exibir o longa “Okja” em circuito restrito nos EUA, Reino Unido e Coréia do Sul, junto com sua estreia na plataforma de streaming.

Agora quem não gostou dessa decisão foi o país do diretor, Bong Joon Ho, a Coréia do Sul, a qual planeja realizar boicote ao filme. Segundo o site Deadline, os principais exibidores do país se recusaram a exibir o filme.

Esta grande aventura global segue uma amizade grande demais para ser ignorada. Conheça Mija, uma jovem que arrisca tudo para evitar que uma poderosa multinacional sequestre seu melhor amigo – um enorme animal chamado Okja. Seguindo-a através de continentes, o drama da comédia vê os horizontes de Mija expandir-se em uma maneira que ninguém iria querer para seus filhos, encontrando-se com as duras realidades da experimentação de alimento geneticamente modificado, da globalização, do eco-terrorismo, e da obsessão da humanidade com a imagem, marca e auto-promoção.

O longa tem no elenco Seo-Hyeon Ahn (série “Maeul: Achiaraui Bimil”), Tilda Swinton (“Doutor Estranho”) e Jake Gyllenhaal (“Animais Noturnos”)Lily Collins (“Simplesmente Acontece”), Steven Yeun (“The Walking Dead”), Paul Dano (“Pequena Miss Sunshine”), Giancarlo Esposito (“Breaking Bad”), Choi Woo-shik (“Invasão Zumbi”), Devon Bostick (“The 100”), Shirley Henderson (“Trainspotting”) e Daniel Henshall (“As Horas finais”).

“Okja” estreia dia 28 de junho na Netflix.