SINOPSE

Hermano (Armando Babaioff) é um médico bem-sucedido que esta planejando uma escalada de alto risco em uma montanha na Terra do Fogo. Neste período, sua mulher Adri (Mariana Ximenes), com quem vive há sete anos, descobre que esta grávida. Mesmo na iminência de se tornar pai, ele dá prosseguimento a seus planos. Esta é a prova de coragem que Hermano deve a si mesmo após ter testemunhado seu melhor amigo ser agredido até a morte e não ter feito nada para ajudá-lo.

FICHA TÉCNICA

Direção:

Roberto Gervitz

Roteiro:

Gênero:

Drama

Produção:

Elenco:

Mariana Ximenes, Armando Babaioff, César Troncoso

Nacionalidade:

Brasil

Ano de Produção:

Data de Lançamento:

5 de maio de 2016 (1h 55min)

Distribuição:

CLASSIFICAÇÃO

Direção:

Roteiro:

Fotografia:

Trilha-Sonora:

Efeitos Visuais:

Efeitos Especiais:

Item não avaliado

Direção de Arte:

Elenco:

Montagem:

Figurino:

Maquiagem:

Prova de Coragem

‘Prova de Coragem é uma produção da Globo Filmes dirigida por Roberto Gervitz e estrelado pela dupla Mariana Ximenes e Armando Babaioff. Baseado no livro ‘Mãos de Cavalo’, de Daniel Galera, a história conta a moderna relação entre Hermano (Babaioff) e Adri (Mariana), quando suas vidas e objetivos são afetados diretamente por uma gravidez não planejada. Situado no estado do Rio Grande do Sul, os atores esforçam um sotaque gaúcho bem acentuado para dar vida aos personagens e enfrentarem essa verdadeira prova de coragem, que é manter a relação perante essa turbulência de sentimentos que estarão prestes a enfrentar.

O livro no qual o filme foi baseado é muito mais focado no personagem do Hermano, situado em alguns pontos fundamentais da sua vida que vão fazer sentido no final da história. Por se tratar de uma mídia completamente diferente como é o cinema, o diretor Roberto deu mais importância a outros personagens que interagem com Hermano, com o objetivo de mostrar ao espectador quem são aquelas pessoas e principalmente através desse contato estabelecer a personalidade do protagonista.

ProvadeCoragem2

O filme apresenta Hermano como um cirurgião bem-sucedido, capaz de tomar decisões sob pressão e grande entusiasta de escaladas e esportes radicais, enquanto Adri é uma fotógrafa que chega a uma idade mais avançada, na qual a insegurança começa a tomar conta da sua vida por não ter atingindo ainda seu potencial pessoal e profissional idealizado. Através de alguns diálogos que soam expositivos demais no começo, ainda sim os atores estão bem nessa apresentação inicial, sustentando o primeiro ato do filme rumo ao conflito que irá causar mudanças enormes na vida de cada um e da relação do casal.

Sem revelar muito da trama, basicamente o conflito do filme ocorre quando Armando decide escalar uma perigosa montanha com um amigo, sob o risco de não voltar mais para casa, caso o pior aconteça. Paralelo a isso, Adri se descuida propositalmente para engravidar, o que coloca Hermano frente a um dilema pela relutância em ser pai e ter que abrir mão de alguns objetivos, como fazer sua escalada. Convém dizer que a relação entre Adri e Hermano não é bem explanada no filme, o que obviamente foi uma intenção da direção, mas que para o espectador não fica realmente claro ou faz sentido algumas atitudes que os personagens tomarão daquele ponto em diante no filme. Lembrando que um filme deve ser feito pensando na sua plateia, portanto, é importante esclarecer não apenas o universo geográfico, como o filme faz muito bem, mas o universo físico e emocional dos personagens, para que possamos compreender suas motivações e o filme peca neste aspecto.

ProvadeCoragem3

Durante o desenvolvimento do filme, há muita oscilação de postura dos personagens, suas atitudes parecem fora da realidade, como por exemplo, o fato de Adri estar grávida – como deliberadamente deixou de evitar que isso acontecesse – mas trabalhar pegando pesado de uma forma que colocasse em risco a vida do seu filho; ou um reencontro de Hermano com uma amiga do passado que não leva a história adiante, mas acaba parecendo uma espécie de “gordurinha” de roteiro.

A contribuição do elenco é muito boa, especialmente a atuação de Armando Babaioff. Muitas vezes apenas com olhares ou expressões ele consegue fazer com que o personagem atinja camadas dramáticas mais profundas, especialmente quando precisa encarar os fantasmas do seu passado, onde o ator demonstra confiança e ao mesmo tempo um mistério interessante, que ajuda demais sua atuação e lembra (bem!) vagamente o personagem Don Draper da série Mad Men. Mariana Ximenes, assim como o restante do elenco, também cumprem bem seus papéis dentro da profundidade que foi atribuída a seus personagens. O design de produção é bonito, eficiente e a trilha ambienta bem e proporciona uma cena interessante e muito bem dirigida ao som de Engenheiros do Havaí.

Mas faltou ao filme assumir uma posição, ou expor uma ideia central clara que pudesse ser debatida ao menos. A verdade é que como um drama romântico, falta ao filme visceralidade e paixão. Em um filme com esta proposta é necessário que o protagonista tenha uma descoberta interior para que uma lição possa ser tirada de tudo aquilo que ele passou. Entretanto, no filme, essa lição não parece ter sido aprendida, fica tudo colocado de uma forma muito subjetiva, talvez deixando o filme se conectar com o espectador para que ele mesmo atribua um significado próprio, mas se foi esta a intenção o filme tropeça na sua pretensão por faltar muita substância para a história. No final das contas, ‘Prova de Coragem’ é um filme “assistível”, mas acaba decepcionando por não entregar todo aquele potencial que poderia.

O Pipoca De Pimenta entrevistou os atores Mariana Ximenes e Armando Babaioff, e com o diretor Roberto Gervitz. Assista na íntegra:

ProvadeCoragem4