Stillllll

É impossível iniciar uma análise dessa obra, sem deixar explícito que muito do sucesso que será atribuído a ele, deve-se a Julianne Moore. Ela faz com que um filme com uma história boa, mas não excelente, tome rumos inacreditáveis – graças a sua atuação que já lhe dá o título de favorita ao Oscar de Melhor Atriz de 2015. Ao abraçar o papel com toda sua intensidade, Julianne nos proporciona o melhor desempenho de sua carreira.
Julianne Moore vive no filme Alice Howard, uma professora de lingüística com uma vida bem sucedida, com uma rotina saudável e realizada profissionalmente. Depois de descobrir que está com Alzheimer, precocemente, sua vida muda, e o filme retrata cada passo dessa mudança. Seus filhos, Anna e Tom, tem uma vida de sucesso profissional, e Lydia Howland, tenta sua vida como atriz do outro lado do país. Lydia é interpretada por Kristen Stewart, em um papel importante na sua carreira – a atriz tem, nos últimos anos, atuado em diversos gêneros cinematográficos, porém, nesse filme, sai do seu comum e faz um papel esplêndido. Ao lado de Julianne Moore, o filme tem um forte elenco.

still-alice

Moore, além da provável indicação para Still Alice, pode ser indicada como Melhor Atriz Coadjuvante por Maps To The Stars. Ela já concorreu para outros papéis no Oscar, com: Boogie Nights: Prazer Sem Limites (Melhor Atriz Coadjuvante),Fim de Caso (Melhor Atriz), Longe do Paraíso (Melhor Atriz) e As Horas (Melhor Atriz Coadjuvante).
Depois de provocar fortes emoções, Julianne, do meu ponto de vista, é a atriz que melhor atuou esse ano, tendo fortes concorrentes como a incrível Rosamund Pike (Gone Girl). Sua atuação emociona do começo ao fim, merecendo, mais que nunca, um Oscar pelo seu perfeito trabalho.

Escrito por: Camila Bonfim

Trailer do filme: