Dois dias após o filme “Bingo: O Rei das Manhãs” ser indicado para representar o Brasil no Goya 2018, hoje (15) a Academia Brasileira de Cinema anunciou que o drama foi novamente indicado para concorrer a categoria Melhor Filme Estrangeiro, mas agora para o Oscar do ano que vem.

No filme de Daniel Rezende, Augusto, finalmente ganha seu lugar sob os holofotes ao se tornar Bingo, um palhaço apresentador de um programa infantil de televisão que se torna um sucesso absoluto. Uma cláusula no contrato não permite revelar quem é o homem que interpreta o palhaço, produzindo em Augusto a frustração de ser o homem anônimo mais famoso do Brasil. Uma surreal história sobre a busca de um homem pelo reconhecimento de sua arte. Inspirado na vida de Arlindo Barreto e com muita ironia e humor ácido, o filme conta a trajetória de um homem em busca do reconhecimento da sua arte.

Não há garantias de que “Bingo: O Rei das Manhãs” vá de fato ser indicado ao Oscar, os indicados serão anunciados no dia 23 de janeiro de 2018 e a cerimônia acontece no dia 4 de março.